Imóveis mais espaçosos no Campo Belo são raros e disputados

Dúplex no Itaim Bibi tem até mil metros quadrados e nove vagas
19/04/2017
Na Vila Olímpia, ‘Vale do Silício’ paulistano, jovem quer praticidade
20/04/2017

Imóveis mais espaçosos no Campo Belo são raros e disputados

Em recente matéria publicada no Jornal Folha de São Paulo, a Geoimovel (maior provedor de pesquisa imobiliária do Brasil e empresa pertencente a Amaral d´Avila Engenharia de Avaliações), forneceu informações sobre os bairros do Campo Belo e da Vila Mariana, para especial imobiliário.

A reportagem possuía o seguinte título: “Imóveis mais espaçosos no Campo Belo são raros e disputados.”.

Apartamentos grandes são exceção no Campo Belo (Zona Sul de São Paulo), bairro que foi dominado, nos últimos três anos, por imóveis compactos. Quase 80% das unidades novas na região têm um dormitório, e só 7,4% possuem quatro quartos ou mais, segundo dados da Geoimovel.

Imagem_ImóveisMaisEspaçososnoCampoBelo

Dos poucos grandalhões, restam apenas 20 unidades- a maioria foi vendida. Uma das compradoras foi a empresária Lucia Helena Kiso, 61, que vai deixar o Brooklin, também na Zona Sul, para viver em um dos 19 apartamentos do Tom 1102, da Construtora SKR. O edifício tem imóveis de 220 m2, 271 m2 e 377 m2, com quatro dormitórios, quatro ou cinco vagas na garagem e depósito privativo.

“Estamos saindo de um imóvel de 110 m2 para outro com o dobro do tamanho. Queríamos mais espaço porque gostamos de receber os netos e temos cachorros.”.

Para ela o que pesou na escolha do lugar foi o custo-benefício. “O Campo Belo é tranquilo e tem tudo na medida certa: a locomoção é fácil, além do preço ser mais em conta do que em bairros como o Jardim Paulistano.”, diz.

Ricardo Yazbek, vice-presidente de assuntos legislativos do Secovi-SP (sindicato do setor de habitação), diz que incorporadoras também são atraídas pelo mesmo motivo.

“O bairro é perto do polo empresarial e financeiro das Avenidas Chucri Zaidan e Berrini, tem infraestrutura de comércio e serviços e, com a linha 5-lilás do Metrô, vai ficar bem servido de transporte.”.

Além da metragem generosa, esses imóveis grandões têm em comum o fato de estarem em empreendimentos de alto padrão que oferecem área de lazer completa, com piscina infantil e adulta, playground, churrasqueira, espaço gourmet e salões de festa.

“O público desses empreendimentos é formado por jovens casais com filhos. Diferentemente dos compradores de compactos que muitas vezes são investidores, eles querem um lugar para morar por um tempo.”, diz Marcelo Dzik, da Construtora Even.

De olho nesta procura, a incorporadora lançara em breve o LOAA Campo Belo, na Rua Doutor Jesuíno Maciel. O edifício terá apartamentos de 100 m2 e 147 m2.

Mais espaçoso, o Quartier Campo Belo deve ser entregue pela Teixeira Duarte em Novembro, com unidades de 108 m2 a 280 m2, com três e quatro quartos, por, em média, R$ 12.900 o metro quadrado.

USADOS:

A oferta de imóveis espaçosos também não é muito generosa entre os usados. “O Campo Belo é um bairro com verticalização baixa, com taxa de 47,3% e a oferta de imóveis não é tão vasta como vemos em outros bairros como a Vila Mariana.”, diz Rafael Fiorotto, diretor comercial do portal imobiliário VivaReal.

A construção de prédios na região se deu principalmente nos últimos dez anos, com a Operação Urbana Água Espraiada. As incorporadoras dizem que o número escasso de lançamentos tem a ver com a dificuldade em encontrar terrenos disponíveis no bairro, que tem zonas de uso estritamente residencial.

Neide Tisuko Amanai, 79, viu de perto a verticalização do lugar. Dona de uma floricultura na Rua Vieira de Morais, ela mora e trabalha no Campo Belo há 50 anos. “Hoje vejo prédios por todos os lados e não era assim.”, diz. Ela afirma que recebe muitas ofertas pela sua casa. “Não vendo de jeito nenhum.”.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/sobretudo/morar/2017/03/1865559-imoveis-mais-espacosos-no-campo-belo-sao-raros-e-disputados.shtml

Translate »
Cancelar